Sabemos que às grandes cidades estão cada vez mais adeptos a modalidade do ciclismo, muitos utilizam a bike para ir ao trabalho e como meio de locomoção, os incontáveis acidentes envolvendo ciclistas, a poluição e a escassez de ciclovias têm atraído cada vez mais adeptos da uma modalidade em meio à natureza, a mountain bikes.

1 - Melhor do que andar na cidade

Além do contato com os carros ser bem menor, uma característica positiva é o convívio com a natureza. O ar limpo e a ausência de poluição sonora e visual nos dá sensação de liberdade, sem contar das paisagens que são vistas pelo caminho, e também uma forma de chegar aos lugares em que os automóveis dificilmente conseguem.

2 - Mais esforço físico

Como você passa por buracos, caminhos sinuosos, subidas e descidas tudo na terra, exige um bom preparo físico. Para os iniciantes o ideal é optar por começar em trilhas com menos relevo. Vale lembrar também que, por conta desse maior esforço, a queima de calorias é superior a um passeio de bicicleta no asfalto.

3 - Qual bike usar?

As Bicicletas não são todas iguais: existem os modelos mais simples próprios para passeios, outros tamanho e design ideal para manobras e as versões destinadas aos praticantes de mountain bike. Elas possuem um acabamento reforçado adequado para suportar grandes impactos e sempre incluem marcha. Investir nesse equipamento específico é uma questão de segurança e de forma que sua desempenho melhora.

4 - Equipamentos de segurança

Para a prática, todo cuidado é essencial, por isso faça o uso dos equipamentos básicos que são: capacete, óculos, luva, bermuda com forro (para evitar que o banco machuque) e roupas leves que possuam cores que chamem a atenção de motoristas de carro, para evitar acidentes. Da mesma forma o tempo pode mudar durante a atividade, por isso também leve uma capa de chuva, roupa de banho para aproveitar as cachoeiras que podem aparecer pelo caminho.

5 -Faça a trilha em grupo

O ideal é sair em grupos de pelo menos três pessoas, pois, caso ocorra algum acidente, um dos integrantes poderá ficar com a pessoa machucada e o outro buscará ajuda. Por isso não é aconselhável fazer trilhas sozinho, pois, pode ser muito perigoso. Além do risco de se machucar e não ter nenhuma pessoa para dar suporte, você fica mais vulnerável a assaltos.

6 - Faça um check list antes de sair para a trilha

Ajuste a altura do banco para não acordar no dia seguinte com dores nas costas, verifique se as rodas estão bem fixadas, veja se as marchas estão funcionando corretamente e calibre os pneus. Também é importante levar a bicicleta para revisão regularmente. O ideal é uma revisão a cada seis meses pelo menos, e coloque óleo na corrente para deixá-la sempre lubrificada.

7 - Limpeza da Bike depois da Trilha

Ela possui alguns componentes sensíveis, por isso nada de jato de água. O ideal é sempre que possível, faça uma lavagem a seco que conserva a lubrificação da bicicleta. Caso ela esteja coberta de lama, espere secar até poder eliminar a terra com uma simples escovação.

8 - O tempo pode influenciar no passeio

O ideal é não pedalar em dias chuvosos, da mesma forma que pode atrapalhar a visibilidade do ciclista pode comprometer também o desempenho da bike. Procure realizar o passeio em dias que o tempo está mais ameno. Se por ventura ocorrer a chuva use a capa de chuva e enfrente com cuidado o percurso.

Fonte: minhavida.com.br

Compartilhar:
Mais nesta categoria: 5 alimentos para consumir depois do treino » Dicas do que não fazer na natação do Triathlon » Dicas de como evitar e cuidar dos pés doloridos e bolhas na caminhada » Mochila Cargueira: melhor forma de carregá-las » O que ainda ninguém te contou sobre as botas e tênis de trekking » Saiba escolher a roupa certa para sua aventura » Hipotermia: saiba como evitar e os cuidados » Conheça os benefícios do triathlon » Saiba como iniciar a atividade física de maneira correta » Preparo Físico é essencial para o Montanhismo » Você sabe por que a natação vem primeiro no triatlhon? » Os Benefícios da cafeína para os Triatletas » Dicas de cronograma para os treinos de Triatlhon » Dicas de como escolher o Wet-Suit para as provas de Triatlhon » Você sabe qual é a Bicicleta ideal para o seu treino ou prova de Triatlhon? Confira essas dicas! » 5 Técnicas para quem quer iniciar a escalada » Pesquisa afirma que exercício constante desacelera o envelhecimento » A Vida Secreta de Walter Mitty, um filme de tirar o fôlego » 5 dicas para você respirar melhor durante a corrida » 5 dicas matadoras para nadar no mar » 7 dicas para correr no frio » 7 coisas para pensar durante o treino de natação » O que comer antes dos treinos realizados pela manhã? » Cachorro de rua segue corredor em maratona de 90km e no final recebe surpresa emocionante » Os Benefícios do Treinamento Funcional » 9 PASSOS PARA ENTRAR PARA O TRIATHLON » Triathlon de luto: Corpo do triatleta e encontrado a 150m da largada » “Dopping” Eletrônico » E treinar em jejum, pode? » O que consumir durante uma corrida? » Corrida em Trilhas e corrida rústica » Emagrecer x Perder Peso » Depressão x atividade física » Como se alimentar durante treinos e provas » Entendendo os tipos de provas = XCO – XCP – XCM – XCE – XCC – XCT – XCS » Você pratica esporte? » Atenção ao treinar no frio » Pilates para crianças »
Postagem anterior Saiba escolher a roupa certa para sua aventura
Próximo Post O que ainda ninguém te contou sobre as botas e tênis de trekking

Adicionar Comentário

Logo Header Menu